Notícia

Situação normaliza e Defesa Civil deixa o estado de atenção

Data de inclusão: 09/06/2017 11:01

Após uma semana em que todas as atenções se voltaram para os níveis dos rios da Bacia de Itajaí, a Defesa Civil entra em estado de monitoramento. Com a normalização do quadro pluvial, o órgão acompanha pontos com risco para deslizamentos de terra devido à saturação do solo com as chuvas registradas em Itajaí. As famílias acolhidas no abrigo retornarão para casa após o meio-dia.

“Agradecemos a toda equipe que se dedicou dia e noite para atender as pessoas atingidas pelos alagamentos. Agora as coisas começam a normalizar em Itajaí”, comenta o coordenador da Defesa Civil, Carmo Dias. Mais de 100 pessoas participaram da força-tarefa para monitorar os níveis dos rios, fiscalizar áreas de risco, prestar esclarecimentos à comunidade, acolher a população afetada e trabalhar na limpeza de ruas alagadas. Além do suporte das secretarias municipais e da Câmara de Vereadores, a Defesa Civil contou com o apoio direto do Corpo de Bombeiros.

As 14 famílias atendidas no abrigo montado na Igreja São Cristóvão, no bairro Cordeiros, desde a madrugada de terça-feira (06) já estão liberadas para voltar para casa, pois os níveis dos rios Itajaí-açu e Mirim já não apresentam risco à comunidade. A última refeição será servida ao meio-dia.

A partir da tarde, à medida que uma nova massa de ar seco e frio de origem polar avança por SC, o tempo volta a ficar estável com presença de sol entre nuvens. Haverá sensação de frio ao longo do dia e a temperatura entra em acentuado declínio e a mínima ocorre à noite (11ºC).

Para o sábado e domingo tempo bom com poucas nuvens. Faz frio com temperaturas mínimas entre 7°C e 9°C e as máximas entre 20°C e 22°C. Ventos variáveis com intensidade fraca e rajadas de até 45 km/h nesta sexta-feira e sábado. Em nossas praias ondas de leste com até meio metro nesta sexta e poucas ondas no sábado. No domingo, ondas de sudeste com poucas ondas.

Imagens relacionadas

Situação normaliza e Defesa Civil deixa o estado de atenção