Notícia

Defesa Civil monitora rios em Itajaí

Maré alta pode contribuir para inundações pontuais em áreas baixas já mapeadas
Data de inclusão: 05/06/2017 19:05

Entre a noite de hoje (05) e o meio-dia de terça-feira (06), há previsão de inundações pontuais em áreas baixas de Itajaí. O acumulado de chuva previsto para esta madrugada é de 30 milímetros, o que não deve alterar significativamente o nível dos rios. A Defesa Civil de Itajaí está em estado de alerta para monitorar o comportamento das águas em municípios como Vidal Ramos, Botuverá, Brusque, Rio do Sul e Blumenau.

O atual cenário se assemelha ao enfrentado em 2013, quando Itajaí foi assolada por uma pequena inundação gradual. Naquele ano, o rio Itajaí-mirim em Brusque chegou a 7,60 metros no pico máximo e o Itajaí-açu em Blumenau 10,80 metros.

No final da tarde de hoje (05), o nível do rio em Brusque marcava 7,30 metros e em Blumenau atingiu 7,79 metros. Como para esta madrugada estão previstas apenas pancadas isoladas de chuva em Itajaí, o cenário não deve se alterar no município. Com base no histórico, a Defesa Civil trabalha com a possibilidade de alagamentos de 20 a 60 centímetros em áreas baixas. Confira a lista completas de ruas que podem sofrer com inundações pontuais ao final do texto.

A maré está predominantemente baixa, sendo que a partir das 20h desta segunda-feira (05) há previsão de uma maré preamar com represamento das águas. No entanto, o pico previsto para meia-noite é de 0,9 metros, considerado baixo pela Defesa Civil. A previsão de chuva é de 30 milímetros para esta madrugada, podendo aumentar de intensidade na terça-feira (06) a partir do meio-dia até quinta-feira.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Carmo Dias, o quadro aponta para uma situação de alerta e monitoramento constante. O órgão trabalha com projeções para um período de seis horas, podendo comunicar a população de qualquer mudança de cenário com antecedência. O site da Defesa Civil de Itajaí é o canal oficial para obter as informações sobre a situação das cheias e verificar a telemetria em tempo real.

“Há muitas notícias desencontradas e alarmantes. A população deve se guiar pelas orientações da nossa Defesa Civil Municipal. Estamos monitorando os níveis dos rios e emitindo boletins constantes. Pedimos que todos fiquem calmos e tranqüilos neste momento”, reforça o prefeito Volnei Morastoni.

Escolas
Nesta segunda-feira (05), algumas unidades escolares tiverem as aulas suspensas por conta de alagamentos. Os casos são pontuais e a rede segue mantém as atividades normalmente. Situações específicas serão tratadas caso a caso.

Escolas Básicas Prof. Martinho Gervásio (Brilhante) e Padre José de Anchieta (Canhanduba): alunos não conseguiram chegar às unidades por conta do alagamento.

Escola Básica Pedro Paulo Rebelo (São Vicente): não teve aula no período matutino por conta da água na rua. As aulas foram retomadas normalmente no período vespertino.

Centros de Educação Infantil Prof. Ermelinda Potter Custódio (Cidade Nova) e Antônio Merlo (Limoeiro): alunos não conseguiram chegar às unidades por conta do alagamento.

Lista de ruas com maior probabilidade de sofrerem alagamento

1. Acari Antônio Moser, Rua
2. Travessa Lisberto João Potter, Rua
3. Acelino Alves dos Santos, Rua
4. Agílio Cunha, Rua (trecho entre Av. Ministro Luis Galotti e BR 101)
5. Alcides Esperidião Pereira, Rua
6. Andrelino Werner, Rua
7. Antero Chaves, Rua
8. Antônia Araújo, Rua
9. Antônio de Oliveira, Rua
10. Antônio Francisco Oliveira, Rua
11. Antônio Perão, Rua
12. Américo Meinicke, Rua
13. Aprigio José Pinto, Rua
14. Arlindo Werner, Rua
15. Arnaldo Correia de Melo, Rua
16. Arnaldo Lopes, Rua
17. Augusto Dallago
18. Azaleais, Rua
19. Ver. Nilo Simas (trecho entre Rua Edmundo Heusi Junior e Rua Agílio Cunha), Avenida
20. Maria Marcos Werner, Avenida
21. Beco LQC
22. Bernardina da Rocha, Rua
23. Braço do Norte, Rua
24. Caçador, Rua
25. Canoinhas, Rua
26. Carlos Serafim Zaguini, Rua
27. Cecília Meirelles, Rua
28. Curitiba, Rua
29. das Camélias, Rua
30. das Hortências, Rua
31. das Orquídeas, Rua
32. das Papoulas, Rua
33. das Violetas, Rua
34. David Adão Schmitt, Rua
35. dos Crisantemos, Rua
36. dos Hibiscos, Rua
37. Edmundo Heusi Junior, Rua
38. Ema Fornari Conte, Rua
39. Embaixo da Ponte BR 101
40. Erna Hoier Correia, Rua
41. Ernesto Polydoro Ferreira, Rua
42. Estudante Renato Victorino, Rua
43. Eugênio Geraldino França, Rua
44. Francisco Molleri, Rua
45. Francisco Nicolett, Rua
46. Fransciso de Matos Dultra, Rua
47. Gélio Hercilio Correia, Rua
48. Henry Pedro Deitos, Rua
49. Herval do Oeste, Rua
50. Idalino João de Oliveira, Rua
51. Itapiranga, Rua
52. Ivana Werner, Rua
53. Ivo Werner, Rua
54. Jacob Ardigo, Rua
55. João Camilo Vicente, Rua
56. João Dalmolim, Rua
57. João Reipert de Amorim, Rua
58. João Santana, Rua
59. Jorge Fernando Pereira, Rua
60. Jorge Santos de Macedo, Rua
61. José Furtado, Rua
62. José Gall, Rua (próximo ao Clube Itamirim)
63. José Pereira Liberato, Rua
64. Luiz R. Casas, Rua
65. Mafra, Rua
66. Manoel Bandeira, Rua
67. Manoel Cardoso, Rua
68. Manoel Olivio Theodoro, Rua
69. Manuel Bandeira, Rua
70. Maria Alver Mafra, Rua
71. Maria Verena Heil, Rua
72. Max Hoier, Rua
73. Milton Jaques, Rua
74. Navegantes, Rua
75. Nelson Manoel Simão, Rua
76. Oscar Martins da Silva, Rua
77. Otilia Damasceno, Rua
78. Otto Hoier, Rua
79. Padre Eribert José Schmitt, Rua
80. Palmir Francisco Dias, Rua
81. Pantaleão Francisco Casas, Rua
82. Papanduva, Rua
83. Paulo França, Rua
84. Porto União, Rua
85. Presidente João Goulart, Rua
86. Raul Machado (próximo ao Rio Itajaí Mirim), Rua
87. Reinaldo Pereira da Silva, Rua
88. Rodolfo Bosco, Rua
89. Roseli Maria Coelho, Rua
90. Santa Celília, Rua
91. São Francisco do Sul, Rua
92. São Gonçalo, Rua
93. São Joaquim, Rua
94. São Miguel, Rua
95. Sidnei Schulze, Rua
96. Antônio Couto, Travessa
97. Bubi Kobag, Travessa
98. João Bento, Travessa
99. João Martins, Travessa
100. João Santana, Travessa
101. Julio J. Wippel, Travessa
102. Manoel G. Miranda, Travessa
103. Marcos Castelai, Travessa
104. Ministro Luiz Galloti, Rua
105. Nicolau Burgart, Travessa
106. Paulo Fuck, Travessa
107. Paulo Malburg, Travessa
108. Penha, Travessa
109. Vitor Ribeiro da Luz, Travessa

Contatos da Defesa Civil

A Câmara de Vereadores de Itajaí vai disponibilizar, a partir de terça-feira (06), até 21 assessores parlamentares para auxiliar no atendimento telefônico da Defesa Civil. Desta forma, os técnicos do órgão poderão fazer os atendimentos na rua.

Telefones: 199 / (47) 3341-6199
Site oficial: defesacivil.itajai.sc.gov.br
Facebok oficial: facebook.com/Defesacivildeitajai 

Imagens relacionadas

Defesa Civil monitora rios em Itajaí
Defesa Civil monitora rios em Itajaí