Notícia

Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias

Data de inclusão: 25/04/2017 18:43

Na prevenção de cheias, o Município de Itajaí busca acelerar as obras nos rios Itajaí-açu e Mirim. Na manhã desta terça-feira (25), o prefeito Volnei Morastoni se reuniu com o Secretário de Estado da Defesa Civil de Santa Catarina, Rodrigo Moratelli, e com a Associação dos Usuários da Hidrovia do Rio Itajaí-Açu (ASSUHI) para tratar dos projetos e definir uma agenda para captação de recursos em Brasília. 

“Não estamos medindo esforços para prevenir que Itajaí sofra com novas cheias”, reforça o prefeito. O secretário Moratelli informou que as obras no Itajaí-mirim já estão licenciadas e agora se inicia a etapa de captação de recursos: um montante na ordem dos R$ 200 milhões. Uma agenda com o governador Raimundo Colombo e o Ministério da Integração Nacional está sendo realizada para tratar especificamente desta pauta.

Com as obras concluídas e o melhoramento fluvial no rio Itajaí-mirim e no canal retificado, serão minimizadas as cheias em de Itajaí, por meio do alargamento e aprofundamento da calha do canal retificado e desassoreamento de parte do rio. Duas comportas de regulação também serão instaladas no rio para auxiliar no controle da vazão das águas, contribuindo para o monitoramento, alerta e alarme durante as cheias.

As obras de melhoramentos fluviais ocorrerão no canal retificado do Rio Itajaí- Mirim (Km 12 até o Rio Itajaí-açu) e na calha do Rio Itajaí-mirim – na Itaipava até a desembocadura do Rio Itajaí-mirim no leito do canal retificado.

Para realizar os melhoramentos necessários no rio Itajaí-Mirim e no canal retificado foi prevista a construção de dois conjuntos de quatro comportas do tipo vagão no Itajaí-Mirim Antigo, bem como o alargamento e aprofundamento da calha do canal retificado e desassoreamento de parte do Itajaí-mirim Antigo.

Um dos conjuntos de comportas servirá para evitar os alagamentos ocorridos na área urbana de Itajaí em virtude da influência da maré e da alta vazão no rio Itajaí-Açu. Essas comportas serão instaladas no Itajaí-mirim Antigo, imediatamente após a bifurcação com o canal retificado.

O outro conjunto de comportas foi projetado para evitar o alagamento causado pelas águas que vêm durante o período da cheia em grande volume lá da região de Barracão, Brusque, Botuverá e assim por diante. Esse outro conjunto será instalado no leito natural do Rio Itajaí-mirim, à montante da confluência com o canal retificado.

O canal retificado passará por alargamento e aprofundamento, com tratamento do talude em estrutura armada, conhecida como gabião. Em locais onde não será possível fazer o alargamento foram projetadas estacas de solo/cimento.

Na Foz do Itajaí-mirim Antigo foi projetado um dique em concreto na margem direita, de forma a evitar o alagamento na região que se encontra abaixo da cota dos três metros. Outro dique foi projetado na margem direita da parte inicial do canal retificado.

De acordo com o prefeito Volnei, essas medidas, associadas a outros projetos previstos no Plano Diretor de Prevenção de Desastres na Bacia do Rio Itajaí, do governo do Estado, vão subsidiar a prevenção e o enfrentamento de desastres ambientais, minimizando as perdas socioeconômicas das comunidades situadas em áreas vulneráveis.

Indiretamente e muito importante, as obras acarretarão benefícios para todo o estado, uma vez que as atividades relacionadas aos portos de Itajaí e Navegantes sofrerão menor influência sob condições adversas de cheias. Atualmente, os prejuízos econômicos decorrentes das inundações afetam diretamente o setor portuário e impactam na economia de todo o estado.

Itajaí-açu
Está previsto o investimento de R$ 80 milhões para a dragagem de 14,4 quilômetros do rio Itajaí-açu. Segundo Moratelli, o projeto é para deixar o rio entre o Porto e até a altura da BR-101 com 9,5 metros de profundidade – hoje são aproximadamente 7,5 metros. O Município de Itajaí, juntamente com o governo do Estado, também estão em busca dos recursos necessários.

____________________________
Informações adicionais:
Secretaria de Comunicação
Karine Mendonça
(47) 3341-6121

Imagens relacionadas

Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias
Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias
Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias
Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias
Município de Itajaí busca acelerar obras de contenção de cheias